fbpx
carregando

Digite para pesquisar

Santa Mônica sedia Torneio Inclusivo de Tênis

No próximo dia 5 de dezembro, das 9h às 18h, o Santa Mônica sediará a 4ª edição do Torneio Inclusivo de Tênis, organizado pela OSC Universidade Livre do Esporte em parceria do Instituto Nara Timm.

As partidas serão disputadas no Parque Peladeiro em duplas mistas, compostas por atletas cadeirantes e não cadeirantes. As regras são semelhantes ao Tênis convencional, mas para os atletas cadeirantes a bola poderá quicar duas vezes no chão antes de ser rebatida para a dupla adversária.

Além da competição dos atletas adultos, o dia também será de recreação e aprendizado para as crianças. Alunos das aulas de Tênis em cadeira de rodas da OSC Universidade Livre do Esporte e alunos Moniquenses participarão de uma Oficina Inclusiva.

Para a Diretora Administrativa da OSC Denise Mendonça, o objetivo da competição é promover cada vez mais a integração das pessoas num propósito comum. “A ideia é demonstrar que é possível unir forças e habilidades diferentes, em um único propósito, desenvolvendo o trabalho em equipe e a aceitação de diferenças”, afirma.

Segundo o Diretor da Universidade Livre do Esporte, Sidney Morgenstern, a realização do evento já é um exemplo de união. “O Instituto Nara Timm se tornará, em breve, num dos principais incentivadores da inclusão e da melhoria da qualidade de vida de nossa comunidade. Um exemplo a ser visto e seguido por todos. O Santa Mônica Clube de Campo abriu as portas para receber nosso primeiro torneio, em 2019, e agora nos ajuda novamente cedendo as quadras e estimulando os atletas de lá a participarem do torneio. Com essa importante parceria, teremos como resultado um momento marcante para todos, principalmente para a história do esporte de inclusão de Curitiba e do Paraná”, finaliza.

O tênis em cadeiras de rodas

A modalidade foi criada em 1976 quando Jeff Minnebraker e Brad Parks, criaram as
primeiras cadeiras de rodas. Em 1988 foi criada a ITF, Federação Internacional de Tênis em Cadeiras de Rodas. No Brasil, a coordenação do esporte está a cargo da Confederação Brasileira de Tênis. A Universidade Livre do Esporte iniciou com a prática do tênis em cadeira de rodas em 2019.

Para competir no tênis em cadeira de rodas, o único requisito é que o atleta tenha sido diagnosticado com alguma deficiência relacionada a locomoção, ou seja, deve ter perda funcional significante de uma ou mais partes externas do corpo. Se o atleta não puder participar de competições no tênis convencional; estará credenciado a jogar na cadeira de rodas.

Notícias do Santa Mônica